domingo, 24 de fevereiro de 2008

Parlendas





1.Macaquinho foi à feira
Não sabia o que comprar
Comprou uma cadeira
Pra comadre se sentar
A comadre se sentou,
A cadeira esborrachou.
Coitadinha da comadre
Foi parar no corredor.

2. Galinha choca
Comeu minhoca
Saiu pulando
Feito pipoca

3. Baton, baton
Tira o ba, fica o tom
Eu conheci, eu conheci
Uma velha
Que se chamava
Dona Lea.
A velha caiu,
O velho viu...
Calcinha dela
Verde amarela
Cor do Brasil.
Quem bater palma
Imita a velha!

4.Batatinha quando nasce
Espalha a rama pelo chão.
Menininha quando dorme
Põe a mão no coração



5. 1, 2, Feijão com Arroz

1, 2feijão com arroz

3, 4feijão no prato

5, 6falar inglês

7, 8comer biscoito

9, 10comer pastéis.

6.Seu tatu ta ai?
Não, seu tatu não ta,
Mas a mulher do tatu tando,
É o mesmo que o Tatu ta!
Então ta!

7.Corre cotiana casada tia

Corre cipóna casa da vó

Lencinho na mãocaiu no chão

Moça bonitado meu coração

8.Pisei na pedrinha
Pedrinha rolou.
Pisquei pro mocinho
Mocinho gostou.
Contei pra mamãe a mamãe nem ligou.
Contei pro papai...
Chinelo cantou!


9.Fui a China
Saber o que era a China
E todos eram china
Lig lig lig China na
...
Fui ao Clips
Saber o que era Clips
E todos eram Clips
Lig lig lig Clips
Fui ao Rolêle
Saber o que era Rolêle
E todos eram Rolêle
Lig lig lig Rolêle
Fui ao Tcha-tcha-tcha
Saber o que era Tcha-tcha-tcha
E todos eram Tcha-tcha-tcha
Lig lig lig Tcha-tcha-tcha
Fui a China
Saber o que era Clips
E todos eram Rolêle
Lig lig lig Tcha-tcha-tcha

10. Pisa no chiclete
Da uma rodadinha
Perna de perneta
Dança da galinha
Coci coci
Coci coci coçá
Quem parar de perna aberta
tem que rebolar

Crianças de 1 a 2 anos


Nessa fase, a criança está cheia de energia e entusiasmo. Aprende por meio da exploração do ambiente, curiosidade, imitação e imaginação sem fim. Quanto mais a criança é estimulada a falar,movimentar-se e descobrir, maior será o desenvolvimento do seu cérebro e da coordenação fina dos seus movimentos. Essas realizações ajudam a criança a se comportar com mais competência e confiança. A criança, nessa fase, já pode engatinhar e andar e se desloca pela casa. Abaixa-se, sem cair, para pegar objetos no chão. Começa a identificar as partes do corpo
e aprende a falar o nome delas.
Ainda se comunica por gestos, abana a cabeça para dizer não, dá adeus, bate palminhas, fala pequenas frases, como "mamá qué bola", "papá qué água".
Atenção:
• A família deve estar perto da criança para que ela se sinta protegida ao aprender a andar;
• A criança aprende a falar com as pessoas que falam com ela, repete o que ouve e, por isso, devemos falar corretamente as palavras;
• A criança já entende o que falam com ela, mas nem sempre obedece. Ela atende quando se interessa por fazer o que foi pedido; e
• Chora e faz pirraça quando é contrariada.

A criança aprende a falar com as pessoas que falam e conversam com ela.

O que a criança gosta de fazer?

• Bater palmas quando está contente.
• Falar pequenas frases.
• Dar adeus para as pessoas.
• Rabiscar e desenhar.
• Virar as páginas dos livros
sem rasgar.
• Montar torres e objetos.
Quer tudo para si e, quando ouve um não, chora e faz pirraça.
Movimenta-se pela casa, engatinha, caminha e gosta de brincar com os objetos e com as pessoas.
A criança precisa conhecer, tocar, mexer, dançar, cantar, ouvir histórias. Essas atividades ajudam no seu aprendizado e desenvolvimento.

Brincadeiras

Brincar é a atividade principal da criança. Ao brincar, a criança desenvolve a atenção,
imitação, memória, movimentação, equilíbrio e imaginação. Também constrói curiosidade, confiança e auto-estima. A família precisa organizar o ambiente, oferecer livros, objetos e brinquedos. Criar situações para a criança olhar, brincar de correr, pular, saltar, empurrar ou puxar objetos, sozinha e também com outras crianças.
A criança acha que é o centro do mundo e tem dificuldade de compartilhar.
As crianças podem também brincar nas creches com as educadoras.
Nessa idade, a criança usa e explora os objetos da casa. Ela quer fazer as coisas sozinha, inclusive o que não pode fazer, como subir e descer de locais perigosos, colocar o dedo em tomadas elétricas, colocar na boca o que encontra pela casa, colocar sacos plásticos na cabeça.


Cuidado:



• A família precisa acompanhar o que a criança está fazendo e ensinar, com firmeza e sem violência, o que ela pode e o que não pode fazer.

Brincar é a atividade principal da vida da criança.

Do que a criança gosta de brincar?


De "esconde-esconde", cantar,dançar, bater palma, rolar no chão,imitar as pessoas.
Com caixas vazias de tamanhos variados, embalagens vazias e limpas, transformadas em brinquedos.
Gosta de ouvir várias vezes as mesmas histórias.



Cuidado:
• Sacos plásticos podem causar sufocamento, por isso, não devem
ser dados para a criança brincar. Criança precisa brincar sozinha e com outras crianças.
Brincando, elas aprendem e se desenvolvem.